21/07/2019  Dia de Ação Social na Paróquia - 21/07 de 8h às 12h
Receba em seu email nossas publicações.
Nome:
E-mail:
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Notícias

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Homilia do Papa: "O anjo da guarda é como um embaixador de Deus"

 
Nesta sexta-feira homilia, Francisco recordou que Anjos da Guarda são como amigos que não vemos, mas sentimos

Na festa dos Anjos da Guarda, o Santo Padre Francisco lembrou que Deus deu a cada pessoa a "companhia" de um anjo para aconselhá-la e protegê-la, um anjo a quem devemos escutar com docilidade, afirmou Francisco em sua homilia na missa celebrada nesta sexta-feira na capela da Casa Santa Marta.

O Papa lembrou que a prova de uma paternidade, que tudo ama e tudo acompanha está nas primeiras páginas da Bíblia. A liturgia do dia propõe uma passagem do Livro do Êxodo que nos diz: “… mando-te um anjo contigo para te guardar no caminho e para te fazer entrar no lugar que eu preparei”. E assim, citou orações e salmos que recordam a figura do Anjo da Guarda, que está sempre presente em todas as vicissitudes do homem.

Ele explicou que o Anjo da Guarda "está sempre conosco! Esta é uma realidade. Ele é como um embaixador de Deus em meio a nós. E o Senhor aconselha-nos: ‘Tem respeito pela sua presença!’ E quando nós, por exemplo, fazemos uma maldade e pensamos que estamos sós: não, está ele. Ter respeito pela sua presença. Dar escuta à sua voz, porque ele nos aconselha. Quando ouvimos aquela inspiração: ‘Mas faz isto… isto é melhor… isto não se deve fazer…’ Escuta! Não te rebeles contra ele!”

Como disse o Santo Padre, o Anjo da Guarda sempre nos protege e, especialmente, do mal. Às vezes, recordou Francisco, queremos esconder coisas feias que fizemos mas, no final, vêm a ser conhecidas, e o Anjo da Guarda está ali para nos aconselhar, tal e qual, como faria um amigo, “um amigo que um dia estará conosco no Céu, na glória eterna”.

O Papa continuou reiterando que o anjo apenas pede para ser escutado, respeitado. E este respeito e escuta chama-se docilidade: “o cristão deve ser dócil ao Espírito Santo. A docilidade ao Espírito Santo começa com esta docilidade aos conselhos deste companheiro de caminho.”

Para ser dócil, o Santo Padre disse que é necessário ser pequeno, como as crianças, ou como aqueles que Jesus disse que são os maiores no Reino de seu Pai.

Por fim, Francisco convidou a pedir ao Senhor “a graça desta docilidade, de escutar a voz deste companheiro, deste embaixador de Deus que está ao nosso lado no Seu nome, que somos suportados pela sua ajuda. Sempre em caminho… E também nesta Missa, com a qual nós louvamos ao Senhor, recordamos como é bom o Senhor… não nos deixou sós, não nos abandonou.”
 
Fonte: Zenit.org
Link: http://www.zenit.org/pt/articles/homilia-do-papa-o-anjo-da-guarda-e-como-um-embaixador-de-deus
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
  Paróquia Nossa Senhora da Glória - Arquidiocese de Fortaleza
Av. Oliveira Paiva, 905 - Cidade dos Funcionários - Fortaleza-CE - CEP 60.822-130  |  Telefone: (85) 3279-4500
www.igenio.com.br