Nenhum compromisso
Receba em seu email nossas publicações.
Nome:
E-mail:
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Pastoral dO Dízimo

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Dez motivos para sermos dizimistas

1. Dízimo é reconhecimento de que tudo pertence a Deus. Nós somos apenas administradores. Ser dizimista é devolver a Deus uma pequena parte do muito que Ele nos dá. Ser dizimista é atitude de amor e gratidão.

2. Dízimo é preceito bíblico. A Bíblia manda-nos viver o amor, a gratidão e a generosidade. É isto que faz o Dízimo. Não é invenção da Igreja. Nasceu como resposta do homem à bondade e misericórdia de Deus.

3. Dízimo é ato de Fé que nos aproxima de Deus. O Dízimo é ato consciente de devolução, feito em espírito de fé. É entrega de bens e da própria vida, com alegrias e tristezas, esperanças e decepções, vitórias e derrotas.

4. Dízimo é partilha que derrota o egoísmo. Ser dizimista é abrir o coração para partilhar livremente, com alegria, o pouco e o muito, sem obrigação nenhuma. O dízimo é prova de generosidade.

5. Dízimo não é esmola e sim amor a Deus e ao próximo. Ser dizimista é assumir a responsabilidade de dar um pouco de si a Deus. Não é favor à comunidade e sim ocupar o lugar de membro vivo e responsável.

6. Dízimo nos torna evangelizadores da Igreja. Mesmo sem poder ou sem saber pregar. Contribuir com o Dízimo é testemunho de evangelização e apoio aos evangelizadores.

7. Dízimo é celebração da vida e da fé. Ser dizimista é ajudar a manter a casa de oração da comunidade, nosso templo, para um digno culto a Deus: vasos, velas, flores, livros, folhetos litúrgicos, limpeza, som...

8. Dízimo é a máquina que financia as demais pastorais. Ser dizimista é ajudar nos subsídios da catequese de crianças, adolescentes e jovens, na preparação de agentes de pastoral, coordenadores, líderes, ministros, no sustento do sacerdote e das pessoas liberadas para servir. Ser dizimista é contribuir para a construção e manutenção de uma Igreja viva, que não precisa recorrer a taxas pelos sacramentos, ou rifas, bingos e festas.

9. Dízimo, elo na comunidade. O dizimista é solidário com todos os membros de sua comunidade que formam a paróquia, com todas as comunidades. O dízimo cria caminho entre todos na Igreja de Jesus.

10. Dízimo é riqueza de bens para todos. Em comunidade dizimista não há necessitados: todos são ajudados na pobreza, na doença, dando peixe e ensinando a pescar. Não é preciso pôr tudo em comum. Basta pôr o dízimo. É suficiente quando é entendido e praticado.

 
Fonte: Editora A Partilha
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
  Paróquia Nossa Senhora da Glória - Arquidiocese de Fortaleza
Av. Oliveira Paiva, 905 - Cidade dos Funcionários - Fortaleza-CE - CEP 60.822-130  |  Telefone: (85) 3279-4500
www.igenio.com.br