Nenhum compromisso
Receba em seu email nossas publicações.
Nome:
E-mail:
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Pastoral da Acolhida

A missão da Pastoral da Acolhida é acolher todos os irmãos e irmãs em Cristo com alegria e solicitude. O objetivo principal é proporcionar acolhida em todos os momentos celebrativos e festivos, como também nos diversos encontros da comunidade.

Além disso, os integrantes da Pastoral se esforçam em dar uma atenção de qualidade aos irmãos, prestar as informações necessárias para todos aqueles que as buscam na Igreja, ouvir relatos de problemas ou solicitações e fazer os devidos encaminhamentos. Para tanto, faz-se necessário ter uma visão abrangente da vida pastoral da Paróquia.

O acolhimento é feito às crianças e seus pais por ocasião da Catequese para 1ª Eucaristia e nos cursos de formação Religiosa; aos jovens para preparação da Crisma, grupos de jovens em cursos, encontros e retiros; adultos, casais e famílias nos vários tipos de encontro, evento festivo ou celebração; famílias enlutadas, dentre outras oportunidades.

Os fiéis devem ser acolhidos com a alegria de receber um irmão, com a humildade de servir o próximo, com o conhecimento do amor do Pai e com a Espiritualidade para Evangelizar e transformar.


Atividades pastorais

Os agentes de pastoral se dividem entre as atividades de recepção nas celebrações eucarísticas e eventos sociais; no Plantão de Atendimento (Setor de Informações) e na visitação.

Dentre as ações concretas estão a entrega de cartões e flores a aniversariantes ou nubentes, a distribuição do Semanário Litúrgico Catequético nas diversas celebrações, a visitação às pessoas e às  famílias afastadas do seio da Comunidade, o encaminhamento dos interessados em participar das  Pastorais, Grupos e  Serviços da Paróquia, dentre outras.

Perfil do agente pastoral

  • Acolher as pessoas na porta da Igreja com alegria, sendo afetuoso e prestativo;
  • Conversar, dialogar com a pessoa acolhida, demonstrando disponibilidade e afinidade emocional;
  • Demonstrar firmeza e segurança para que o outro se sinta seguro;
  • Ter sempre atitude ecumênica;
  • Ter coerência nas atitudes;
  • Procurar local para pessoas se acomodarem, caso necessário;
  • Informar as pessoas sobre horários de missas, confissões, aconselhamento e outros eventos promovidos pela Igreja;
  • Recolher e organizar os semanários no final da missa ou quando alguém o entregar;
  • Auxiliar os ministros da Eucaristia, antes e durante as celebrações eucarísticas, e levando-os até as pessoas que têm dificuldades de receber a Eucaristia no altar.

Fundamentos da Pastoral da Acolhida

A Pastoral da Acolhida é um elemento constitutivo da evangelização que revela o coração de Jesus cheio de misericórdia e esperança. Sendo ela uma ação eclesial, envolvendo a todos, pois a evangelização é obra de todos e a unidade é a força motora de qualquer pastoral. (DOCUMENTOS DA PASTORAL)


Reflexão

Os agentes da pastoral da acolhida são responsáveis pela comunicação interpessoal na comunidade. Garantem no dia a dia a imagem da Igreja-mãe acolhedora e recebem em primeira mão sentimentos e desejos do povo de Deus. Procura-se cumprir a orientação bíblica “Acolhei-vos uns aos outros, como Cristo nos acolheu para a glória do Pai” (Rom 15,7). É um trabalho de acolhimento aos irmãos para que possam se sentir melhores nas celebrações e nos encontros promovidos pela Paróquia, estando à disposição para cumprir com as necessidades desta, promovendo a evangelização, lembrando que sem o espírito evangélico, a acolhida na comunidade torna-se algo formal e mecânico, isento da dimensão fraterna. Para que um trabalho dê frutos é preciso primeiro que seus agentes sejam acolhidos. Ao acolhermos, somos, simultaneamente, acolhidos e esta reciprocidade é transformadora, provocadora de situações que geram outros gestos de amor. (DOCUMENTOS DA PASTORAL E PEREIRA, 2010)


Acolher significa...

Acolher significa oferecer refúgio, proteção ou conforto... é também dar abrigo, amparar, dar ou receber hospitalidade, ter ou receber alguém junto de si. Assim sendo, a Pastoral da Acolhida vai muito além de recepcionar os fiéis na porta da Igreja. Ela envolve uma rede de relacionamentos que dá sustentação e perseverança nas ações desenvolvidas na comunidade (PEREIRA, 2010)

Saiba mais

A Pastoral da Acolhida passou a vigorar, após aprovação do Conselho Pastoral, em 12 de outubro de 2004. Hoje é constituída por um casal coordenador e aproximadamente 60 agentes pastorais, divididos nas celebrações da Paróquia Nossa Senhora da Glória e do Parque Del Sol, sendo que em cada missa há um agente colaborador.

A acolhida da missa das 20h é feita por jovens e às vezes, nas missas de sábado, às 16h30, contamos com o apoio das crianças da Infância e Adolescência Missionária e da Catequese.

A Pastoral realiza uma reunião por mês, na 4ª quarta-feira do mês, às 19h30, no Centro Pastoral.

Para que todas as atividades da Pastoral da Acolhida sejam cumpridas com eficiência, é necessária a participação de mais fiéis, pois “grande é a messe, poucos são os operários”.

Venha participar da Pastoral da Acolhida! Acolhendo bem o seu próximo é a Jesus que você acolhe.

Coordenação 2017: Enio e Juliana
pastoraldaacolhidagloria@gmail.com
18/01/2011   Acolhendo os irmãos com alegria e solicitude
Página: 1

Mostrando: de 1 a 1
Total: 1
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
  Paróquia Nossa Senhora da Glória - Arquidiocese de Fortaleza
Av. Oliveira Paiva, 905 - Cidade dos Funcionários - Fortaleza-CE - CEP 60.822-130  |  Telefone: (85) 3279-4500
www.igenio.com.br