Nenhum compromisso
Receba em seu email nossas publicações.
Nome:
E-mail:
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

MESC

O Ministério Extraordinário da Sagrada Comunhão (MESC) é um serviço à comunidade eclesial, em colaboração com os pastores. Desempenha parte de sua missão em assembléia litúrgica, ajudando na distribuição da sagrada eucaristia na missa e parte levando o corpo de Cristo aos enfermos que se encontram impossibilitados de ir até a igreja e necessitam de ser fortalecidos espiritualmente.

Surgiu após o Concílio Vaticano II, por entender a Igreja ser de bom alvitre uma linha de participação do leigo junto aos ministérios ordenados.

“Portanto, também os leigos podem sentir-se chamados ou serem chamados a colaborar com seus pastores no serviço à comunidade eclesial, para o crescimento e vida desta, exercendo ministérios diversos, segundo a graça e os carismas que o Senhor lhes conceder" (cf E.N.73) (Puebla 804).

Aprovado e regulamentado pelo Papa Paulo VI em 29/01/73 é um instrumento não clericalizado, ou seja, quem o recebe continua sendo leigo ou leiga e, na Igreja e no mundo, compartilha da missão de ser luz e sal na família, na vida social, na busca de um mundo mais justo e solidário.  

Segundo o Diretório Pastoral Litúrgico-Sacramental só podem ser admitidos nesse ministério pessoas que preencham requisitos como:

a) Sólida e profunda fé e devoção a Jesus Eucarístico;

b) Espírito comunitário comprovado pela participação nas missas e outras atividades comunitárias como serviço pastoral aos irmãos e promoção de unidade;

c) Grau de instrução religiosa compatível com o exercício do ministério;


d) Boa reputação na comunidade e, se for casado(a), ter convivência conjugal cristã;

e) Disponibilidade de participar do curso inicial de formação e compromisso de continuar a sua formação, participando das atividades programadas para tanto pela própria comunidade, Região Episcopal ou Arquidiocese;

f) Idade mínima de 21 anos, independente do estado civil.

Segundo o mesmo diretório, o exercício do ministério é concedido por um ano, podendo ser renovado ou suspenso quando houver razões válidas para tanto.

Tem o MESC, por patrono, S. Tarcísio, o qual pelo testemunho de fé e amor pela eucaristia tornou-se modelo, sendo declarado pela Igreja também padroeiro dos acólitos e dos coroinhas.

Diante de tudo isso, a grandiosidade dessa missão deixa sempre alerta o ministro ou a ministra da sagrada comunhão a portar-se dignamente onde quer que esteja. 

Um Deus tão grandioso escolheu a mim, tão pequeno(a) para estar tão perto de Si. Aí me vem a consciente necessidade do testemunho de vida, digno desse Cristo: ser manso e humilde de coração; praticar o amor, o perdão; estar em sintonia permanente com o Espírito Santo que me guia junto a sua Igreja, fortalecendo-me os dons recebidos no batismo, revigorando-me em minhas fraquezas, transformando o meu nada no templo vivo onde habita Deus. E quando minha boca anunciar "o Corpo de Cristo", possa o meu coração estar repleto desse Deus; e possam minhas mãos estar "limpas" para levá-Lo ao irmão. Que nessa hora eu O deixe brilhar verdadeiramente, restando-me a discreta e humilde felicidade de ser instrumento nessa comunhão.

"Quando a vida se torna eucaristia, aprendemos a comungar na vida do irmão" (Frei Zeca). 

Coordenação 2011: Maria do Socorro Fonteles Coelho

12/09/2008   MESC em Retiro
Página: 1

Mostrando: de 1 a 1
Total: 1
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
  Paróquia Nossa Senhora da Glória - Arquidiocese de Fortaleza
Av. Oliveira Paiva, 905 - Cidade dos Funcionários - Fortaleza-CE - CEP 60.822-130  |  Telefone: (85) 3279-4500
www.igenio.com.br